Google substitui digitação CAPTCHA por sistema com um único clique

Cansado de digitar aquelas letras e números ilegíveis para provar a um site que não é um robô ou spammer? Então você pode estar com sorte.

O Google anunciou semana passada, que está tentando se livrar dessas tarefas irritantes – chamadas de CAPTCHAs, que é uma sigla para Completely Automated Public Turing test to tell Computers and Humans Apart.

Em vez de exigir que os usuários digitem letras e números mostrados em uma imagem distorcidas, os sites que usam o serviço de reCAPTCHA do Google poderão usar apenas um clique, respondendo a uma questão simples: Você é um robô?

A gigante de buscas começou a liberar nesta quarta uma nova API que repensa a experiência do reCAPTCHA.

O CAPTCHA “pode ser difícil de ler e frustrante para as pessoas, especialmente em aparelhos móveis”, afirma Zeus Kerravala, analista da ZK Research. “As pessoas costumam ter de digitar esse texto várias vezes. A princípio, essa novidade parece uma boa maneira de melhorar a experiência dos usuários. Ainda exige intervenção humana, mas algo mais simples.”

As CAPTCHAs foram criadas para derrotar os programas que os hackers e spammers usam para enganar os sistemas e acessar site ou coletar endereços de e-mails.

O Google afirma que os CAPTCHAs são menos úteis do que já foram, mas ainda continuam sendo frustrantes para os usuários do dia-a-dia.

A nova API, juntamente com a habilidade do Google em analisar as ações do usuário – antes, durante e depois de clicar na caixa do reCAPTCHA – permite que a nova tecnologia saiba se o usuário é uma pessoa ou não.

Mas não fique tão animado, já que as CAPTCHAs não vão embora de vez. Se o serviço reCAPTCHA não puder dizer de maneira definitiva se um usuários é uma pessoa, um spammer ou um bot baseado em um hacker, então um CAPTCHA vai aparecer e pedir por mais pistas.

Fonte: IDGnow

MGF Arte
Criação de Sites

Autor: MGF Arte Criação de Sites